Powerwall: A bateria doméstica da Tesla

Um dos vários produtos com foco energético da Tesla, a Powerwall é uma bateria que complementa outras tecnologias no fornecimento e armazenamento de energia residencialmente, embora também possa encontrar uso em empresas. Vamos descobrir como funciona e saber detalhes da tecnologia?

A Powerwall do lado de fora de uma casa, em um exemplo da Tesla
A Powerwall do lado de fora de uma casa, em um exemplo da Tesla

A tecnologia da Powerwall ⚡️

A Powerwall consiste, simplesmente, de uma bateria acoplável à parede ou ao chão de uma residência, podendo ser empilhada em conjuntos de até 10 baterias quando posicionada no chão. A tecnologia é construída a partir de íon-lítio, assim como as baterias e pilhas recarregáveis que utilizamos no dia a dia, como em celulares, controles de televisão e diversos outros aparelhos domésticos. A bateria, pode, inclusive ser instalada do lado de fora da casa, se você assim desejar. As células de energia, em si, são fabricadas pela Panasonic, mas é a Tesla, empresa do empresário e visionário Elon Musk, que produz o módulo e empacota o produto até chegar no consumidor final.

A Powerwall já está em sua segunda edição, que possui alguns diferenciais interessantes. O sistema de resfriamento e gerenciamento de energia foi otimizado, e o produto conseguiu ficar ainda mais fino do que era antes – saiu de 18 cm de espessura para meros 15,5 cm. O peso, no entanto, acabou aumentando de 90,7 kg para 122 kg, uma mudança considerável. Uma das grandes novidades, no entanto, é a presença de um inversor já embutido na Powerwall, o que dispensa compras adicionais. Ter um inversor significa que a energia gerada pelos painéis solares, por exemplo, possa ser convertida em corrente alternada automaticamente, ficando já pronta para ser utilizada na corrente elétrica da residência.

A Powerwall 2, à mostra em um evento da Tesla
A Powerwall 2, à mostra em um evento da Tesla

O bacana é que ninguém precisa ser um especialista ou formado na área para operar as baterias, já que a Powerwall 2 vem junto com um aplicativo que te deixa monitorar a energia, como quanto ainda está disponível no armazenamento, por exemplo. O software também avisa você, via aplicativo, no caso dos próximos dias serem nublados (ou terem essa previsão, pelo menos) para que você possa se planejar bem, armazenando ou utilizando menos energia da Powerwall, por exemplo.

Custos: preços e benefícios money bag 

Já na sua segunda edição, a Powerwall sai por US$ 5,5 mil (Cinco mil e quinhentos dólares), ou, ma moeda brasileira, R$ 18 mil (Dezoito mil reais). Por esse preço, uma unidade de Powerwall consegue armazenar aproximadamente 14 kWh, ou 14 mil watts. Com os americanos consumindo 901 kWh por mês, pode acabar não sendo muito, mas há de se considerar que a bateria armazenará energia que pode ser usada e reposta no decorrer do mês, o que pode compensar na economia a longo prazo. Entrando na questão de fornecimento contínuo de energia, a Powerwall 2 chega a 5kW, chegando a 7kW se utilizada em potência máxima. Comparativamente, é o dobro do fornecimento da primeira versão da bateria.

Apesar de não precisar ser um gênio da elétrica para operar a Powerwall, a instalação das baterias é uma questão um pouco diferente. Segundo a Tesla, só profissionais certificados tem permissão para instalá-las, que começaram a ser feitas em Janeiro de 2017, no caso da segunda versão. O preço do serviço é um pouco salgado: US$ 1 mil (Mil dólares), o que fica em torno de R$ 3,2 (Três mil e duzentos reais) em valores atuais.

Integração com outros produtos da Tesla e a sustentabilidade

O que é mais interessante – e, provavelmente, compensa mais – é a integração que pode ser feita entre esse produto e outras tecnologias da Tesla, como os seus carros elétricos e telhas solares, por exemplo. As telhas solares são uma tecnologia substituta dos painéis solares e podem ser integradas com o sistema de baterias. Como citamos acima, a energia gerado pelas telhas pode ser direcionada direto para a Powerwall, já armazenando a energia e deixando-a pronta para o uso doméstico. Ainda dá para armazenar a energia da rede elétrica para utilizar em emergências, claro, mas o atrativo maior é a autonomia que a energia solar possibilita, chegando a ser possível depender apenas dela para gerar a energia da casa. Segundo o próprio Elon Musk, dependendo dos cortes de energia que você planeja fazer em casa (e, claro, do valor que você pretende dedicar para encher o lar de baterias), é possível utilizar só as telhas e as baterias, sem mais pegar energia da rede elétrica. A ideia é interessante, mas depende do clima, obviamente, o que torna a dependência da rede elétrica uma realidade em algumas situações mais sérias.

→ Saiba mais sobre as telhas solares da Tesla aqui mesmo no sustentabilidade.blog!

A Powerwall, juntamente com o carregador e o carro elétrico - uma excelente combinação energética
A Powerwall, juntamente com o carregador e o carro elétrico – uma excelente combinação energética

E, caso você possua um carro elétrico (nesse caso, idealmente da Tesla Motors), ainda é possível carregar o veículo diretamente na energia que a Powerwall armazena e utilizá-la para abastecer, integrando completamente o sistema de energia. Dessa forma, você poderia utilizar a energia solar não apenas na sua residência, mas também quando sai dela! Isso, com certeza, revoluciona os paradigmas energéticos, e, caso as tecnologias se popularizem, resultaria em uma redução significativa das emissões provenientes de combustíveis fósseis. O complicado, hoje em dia, é o preço, considerando que poucas pessoas tem condições de adquirir os produtos, o que não ajuda muda no barateamento da tecnologia. Com a popularização e redução nos preços, no entanto, podemos esperar grandes mudanças em um futuro não muito distante. Uma das questões, além do preço, é a distância, já que a tecnologia ainda não chegou no Brasil – pelo menos oficialmente, já que é possível adquirir através de importação, embora privada. O que depende de nós são as atitudes, já que se demonstrarmos interesse em levar um estilo de vida mais sustentável e menos agressivo para com a natureza, as mudanças com certeza virão com mais força e rapidez ainda! Por isso, faça sua parte e contribua para um futuro onde a energia limpa e a sustentabilidade serão prioridade do ser humano!  smiling face with open mouth and smiling eyes 

→ Interessado nos carros elétricos da Tesla? Saiba sobre aqui mesmo no sustentabilidade.blog!

Referências: Tecmundo e Tesla